"Portanto, ninguém se glorie em homens; porque todas as coisas são de vocês, seja Paulo, seja Apolo, seja Pedro, seja o mundo, a vida, a morte, o presente, ou o futuro; tudo é de vocês, e vocês são de Cristo, e Cristo, de Deus."
PENSE NISTO: "O valor do homem é determinado, em primeira linha, pelo grau e pelo sentido em que se libertou do seu ego!" (Albert Einstein).

sábado, 31 de dezembro de 2011

Vocês, Discípulos, São o Sal da Terra

- por René Burkhardt | 30 de Dezembro de 2011

“Eu lhes digo que uma Igreja, à qual dirigi todas essas bem-aventuranças, só pode partir de uma origem: a Cruz do Calvário! Vocês, discípulos, são bem-aventurados quando, POR MINHA CAUSA, os injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vocês. Regozijem-se e exultem, porque é grande o seu galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vocês. POR MINHA CAUSA vocês são rejeitados, mas o atingido sou EU MESMO. As injúrias, as difamações, as perseguições até à morte, mesmo quando aparentemente gratuitas, são o motivo das bem-aventuranças e são amostras de sua comunhão COMIGO.

O mundo os odeia, porque sua voz humilde e mansa é uma ameaça ao mundo: vocês, discípulos, dão testemunho da injustiça do mundo, quando suportam a pobreza e o sofrimento com paciência e em silêncio. Enquanto lhes digo que são bem-aventurados, o mundo grita ‘Fora, fora!’, para vocês. E esta é a esperança de vocês: que, fora do mundo, o que os aguarda é o salão celestial, com uma grande ceia preparada para vocês pelo próprio Deus Pai e Criador, o qual enxugará todas as suas lágrimas que, naquele momento, serão de alegria. Lá, suas feridas e seu martírio terão sido transfigurados para um novo corpo, já não mais vestido com pecado e arrependimento, mas com vestes brancas da Verdadeira Justiça.

No entanto, enquanto esse dia não chega, vocês têm uma missão na terra: conservá-la! Quando o mundo os rejeita, traz destruição sobre si mesmo. Mas, POR MEU AMOR A VOCÊS, o mundo continua existindo. POR MEU AMOR A TODOS, ainda derramo minha misericórdia, porque muitos ainda virão através do que vocês demonstram em suas próprias vidas. E isto acontece porque vocês são o sal da terra! Vocês não têm o sal, nem têm que ser o sal! Vocês o são por sua comunhão COMIGO! Vocês não serão o sal da terra por pregarem a Palavra, mas apresentarão a Palavra de forma viva em seu cotidiano, por serem o sal! Vocês não terão o sal por dizerem o Meu Nome, ou por citarem as escrituras com perfeição, mas são o sal que permeia toda a terra, que é a sua substância principal, porque foram atingidos por Meu chamado e se tornaram Meus discípulos!

Mas, para a terra continuar conservada, o sal precisa continuar sendo sal, precisa manter seu poder de temperar, de purificar e de conservar. Ele precisa ser incorruptível! Se ele se tornar insípido, não poderá ser recuperado. Terá que ser lançado fora! Portanto, ele não pode ficar guardado: tem que ser livre! Ele não pode ficar restrito a rituais do homem para o homem, porque ele é a vinda de Deus para todos os homens!

E vocês não são, apenas, o poder invisível do sal: vocês também são o brilho visível da luz! Mais uma vez Eu lhes digo: vocês não têm que ser luz, nem têm a luz. Vocês são luz! Sua resposta ao Meu chamado os fez luz! Vocês são a cidade edificada sobre o monte. Não há como escondê-la! Lembrem-se: vocês vieram da Cruz! E todos, do mais simples ao mais famoso, reconhecem que algo muito extraordinário acontece na Cruz! Para espanto de todos, a Cruz se torna claramente visível em toda essa escuridão! E as boas obras de vocês devem ser vistas nessa luz. Não são vocês que serão vistos, mas as suas boas obras! E as suas obras são o motivo de serem bem-aventurados: pobreza, sofrimento, humildade, paciência, mansidão, choro por causa da injustiça, amor à paz, rejeição, perseguição! Tomem a minha Cruz! Ela é a luz que brilha e onde suas obras serão vistas, onde sua renúncia será admirada. E, ao verem essas boas obras, as pessoas darão glórias a Deus! Não são vocês, não é a Igreja, que serão glorificados, mas o nosso Pai que está nos céus! (cfe. Mateus 5 e outros textos bíblicos).

Nisto saberão todos que vocês são Meus discípulos: em amarem-se uns aos outros”.

6 comentários:

Alan Capriles disse...

Excelente reflexão! Fiquei até inspirado a pregar sobre isso. Ou quem sabe você pregar um dia aqui pra gente? Seria melhor ainda!

Um forte abraço, amigo
na paz do Senhor Jesus!

René disse...

Na verdade, Alan, estou compartilhando uma mensagem que o Senhor entregou para mim mesmo. Aprendi muito com ela e tenho visto esse tipo de enfrentamento "gratuito" em muitos casos.

Sobre pregar, tenho uma visão um pouco diferente da tradicional, além do mais, você sabe de minhas limitações. Mas tudo é possível para Deus!

Forte abraço e continue na Paz!

Anônimo disse...

A Igreja vêm sendo 'assolada' pela sombra de se afligir com a história de ser 'luz e sal' apregoada pela religião.

Note que Jesus nunca disse que 'precisamos ser Luz e Sal', mas disse: "Vós SOIS Luz e Sal".

Infelizmente a barreira que ainda existe é que não exercitamos isso em nosso dia a dia. Não precisamos transformarmos-nos em Sal ou Luz, como que numa 'transmutação sobrenatural' qualquer, pois já o somos.

Precisamos apenas nos misturar aos outros ingredientes e salgar e iluminar! Essa é a mossão da Verdadeira Igreja e dos Filhos de Deus!!!

Embora não seja corriqueiro (pois isso é de um valor imenso) é SIMPLES, aliás como tudo no Evangelho é SIMPLES!

Valeu meu mano!
Paz

Wendel Bernardes (num falei que não iria sumir?!)

René disse...

rsssssss Que bom que você não sumiu, Wendel!!!

Essa mistura aos outros ingredientes, como você disse, é o verdadeiro discipulado! Sem mágicas, sem "transmutações sobrenaturais", sem complicações, sem rituais, apenas com vida. E vida em abundância...

Forte abraço, meu irmãozão, e continue na Paz!

Antonio Batalha disse...

Seu blog é uma bênção, li algumas coisas, e dou graças pela Graça derramada sobre si, que a cada dia continue a ser esta bênção.Aquilo que escreve seja como pão para o faminto, e água para o cansado.E que cada irmão ao ler suas mensagens seja edificado, exortado no amor derramado no seu coração, a sua alegria, paz e graça, cresçam de maneira a transbordar seu cálice, e atingir os corações.Aproveito a fazer-lhe um convite: Gostaria que fizesse parte dos meus amigos virtuais em meu blog A Verdade Que Liberta. Deixo as minhas cordiais saudações em Cristo Jesus.

René disse...

Amém, Antonio!

Que o Espírito de Cristo faça Sua obra, também através daquilo que Ele tem trazido a todos por este blog!

Forte abraço e continue na Paz!