"Portanto, ninguém se glorie em homens; porque todas as coisas são de vocês, seja Paulo, seja Apolo, seja Pedro, seja o mundo, a vida, a morte, o presente, ou o futuro; tudo é de vocês, e vocês são de Cristo, e Cristo, de Deus."
PENSE NISTO: "O valor do homem é determinado, em primeira linha, pelo grau e pelo sentido em que se libertou do seu ego!" (Albert Einstein).

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Desafio aos Evangélicos

- por Venefredo Barbosa Vilar | 2006

Desconfio que há alguma coisa errada com a igreja que está por aí!

Diante desse imbróglio todo [falsas doutrinas], estou sendo levado a achar que podemos fechar todos os templos, todos os institutos bíblicos e todos os seminários, deixar de lado a teologia, e dar um tempo. E, aí, pegamos uns sete preceitos ensinados pelo Senhor Jesus Cristo — os quais nós conhecemos de cor e salteado, desde os primórdios da Escola Dominical — e os praticamos com fidelidade, e então a Igreja, os nossos familiares, os companheiros de trabalho, nossos patrões ou nossos empregados, o mundo enfim, verão a diferença e sentirão um tremendo impacto, e saberão que realmente somos discípulos do Senhor Jesus Cristo.

Proponho assumirmos o compromisso de praticarmos pelo menos os seguintes ensinos:

 Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não; o que disto passar vem do maligno;

 Não resistais ao perverso; mas a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra;

 Ao que quer demandar contigo e tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa;

 Não julgueis, para que não sejais julgados;

 O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei;

 Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam nem roubam; porque onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.

 Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles.

(Copie esses preceitos, em letras grandes, e deixe-os bem à mão, para você lembrar de praticá-los todos os dias, em casa, no trabalho, nos negócios, na igreja e até nos momentos de lazer. E não tenha vergonha de dizer: “Estou fazendo o que o Senhor Jesus Cristo me mandou fazer, e se eu errar, corrija-me, por favor").

Eu queria que você analisasse e meditasse profunda e serenamente em cada um desses preceitos e procurasse ver a extensão de cada um deles e a influência e as mudanças que causarão na Igreja e no mundo, se forem efetivamente praticados pelos cristãos. Creio piamente que o cumprimento desses preceitos só trará benefícios para si, para a igreja ou para a comunidade que cada um freqüenta e para a sociedade em geral. Não causará divisões ou cisões. E você nem precisa proclamar que os está praticando, as pessoas irão perceber logo que você é diferente; quem sabe até vão achar você parecido com o Senhor Jesus!

Extraído do livreto ‘Dízimo – o engano cavalgando a verdade’, de Venefredo Barbosa Vilar
1ª Edição impressa, julho de 2006, tiragem 1.000 exemplares
Para pedidos: E-mail: dizimo2006@hotmail.com

16 comentários:

Cláudio Nunes Horácio disse...

É! Façamos a revolução do bem praticando o Evangelho, vivendo com e em Cristo. "Não é pra conhecer o cardápio, é para comer!" Abração

René disse...

É, Cláudio,

Ficar olhando as armas, não faz de ninguém um guerreiro. Mãos à obra!

Abração e Paz!

disse...

Vou copiar e colar no coração, assim não nos esquecemos nunca. Paz!

René disse...

Peço a Deus que a gente consiga lembrar e praticar essas coisas, Rô. Não só com aqueles que a gente ama, mas com todos.

Bjs e Paz!

Rita disse...

Paz!
Muito boa essa leitura, nos faz lembrar que por causa do fermento dos fariseus, estamos no tempo que ser cristão faz "engordar" e enriquecer...só no Evangelho puro e simples teremos a igreja verdadeira,noiva preparada...vamos praticar o amor que o mestre nos ensinou, ele cumpre toda a lei.
Fica na paz irmão René, Deus o abençoe!!

René disse...

Achei que o entendimento do autor do texto foi excelente: aplicando a Palavra de Jesus em nossas vidas, todo o resto (que é religião) é descartável. É fermento de fariseu, mesmo!

Grande abraço e continue na Paz, Rita!

Tamiris Gomes * disse...

Muito bom o texto! temos que ser simplismente como Jesus...

René disse...

É isso mesmo, Tamiris,

Imitar a Jesus é a orientação que temos.

Abraço e Paz!

disse...

Olhar como Jesus, falar como ele, aí Jezuis me socorre, preciso disso rs rs
Paz René, vc é benção pura.

René disse...

E quem não precisa, Rô?

Paz!

Alberto Couto Filho disse...

Olá René
A paz

Sete preceitos; sete premissas; uma ilação, uma lógica inferência, contida naquela orientação de Paulo: "Sede meus imitadores, como também, eu sou de Cristo.
Bela postagem. Uma benção, repito.
O conservo nEle
Alberto

René disse...

Com certeza, meu amado Alberto, uma bênção! E, verdadeiramente, se seguíssemos essa orientação, além de não ser mais necessária nenhuma religiosidade, nem seus frutos, o impacto na sociedade seria tremendo e totalmente diferente do atual.

Grande abraço e continue na Paz!

Ednelson Rodrigo Sales Coelho disse...

Vixe René, esses trens ai são muitos para os crentes...é melhor continuar a discussão se o arrebatamento vai ser antes, no meio ou no fim da tribulação; se vai ou não existir tribulação; se o batismo por aspersão é válido ou não; se a santa ceia deve ou não ser servida para os que não tem carteirinha de membro. Vou parar por aqui porque é tanta maluquice que chega a doer a cabeça,rsrs.
O que o ser humano inventou para destrair os sinceros de Cristo não está no gibi.
Sabe, não precisamos de muito; basta apenas colocarmos o Sermão do Monte na prática e, com certeza, seremos sal e luz de tal forma que ofuscará as trevas e todos serão verdadeiramente salgados pelas nossa existência.
Bj em seu coração mano amado!

René disse...

kkkkkkk... continuar discutindo essas coisas "importantes" e amaldiçoando quem não concorda!!!

Você lembrou bem: o sermão do monte, sendo aplicado em nós, já seria o luzeiro do mundo!!

Beijo no seu coração também, Ed, e Paz pra você e sua família!!

Alan Capriles disse...

Pois é, René!

O evangelho é tão simples! Acho incrível como as religiões ditas cristãs não somente se distanciaram do verdadeiro evangelho, mas se transformaram exatamente naquilo que o Senhor Jesus mais combateu: um ajuntamento de fariseus hipócritas.

Não quero ofender ninguém, mas é assim que vejo as coisas. Se cada crente vivesse o evangelho, ao invés de se esconder sob a máscara de uma religião, o mundo inteiro já teria se convertido a Cristo! Por que ele é simplesmente irresistível!!!

Mahatma Gandhi dizia que se fossem queimados todos os livros do mundo, mas o "sermão de Jesus no monte" fosse preservado, nada estaria perdido. De fato, seis dos sete preceitos do "desafio" são do sermão do monte. Porém, o único que não é do monte, na minha opinião, é o mais importante:

"Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei".

Pois é este amor de Cristo que nos leva a obedecê-lo (por prazer e não obrigação) e a amar nosso próximo.

Deus abençoe a todos!

P.S.: Acabo de lembrar que tenho uma pregação em áudio com o tema "O desafio de ser filho de Deus". Tem tudo a ver com este artigo. Para baixar gratuitamente é so seguir o link:
http://www.mediafire.com/?1n4hzyjmyzj

René disse...

Pois é, Alan,

A religião tomou conta de grande parte da Igreja. Isto é trágico!

O preceito que não estava no sermão do monte, estava na própria vida do Senhor. Talvez seja o mais difícil da gente cumprir!

Grande abraço e Paz!