"Portanto, ninguém se glorie em homens; porque todas as coisas são de vocês, seja Paulo, seja Apolo, seja Pedro, seja o mundo, a vida, a morte, o presente, ou o futuro; tudo é de vocês, e vocês são de Cristo, e Cristo, de Deus."
PENSE NISTO: "O valor do homem é determinado, em primeira linha, pelo grau e pelo sentido em que se libertou do seu ego!" (Albert Einstein).

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Outro Lado da História

- por René Burkhardt | 22 de Julho de 2010

Há certas coisas que nos surpreendem, nos deixam perplexos. Neste mundo da comunicação instantânea, a mídia tem um papel fundamental na formação de nossas opiniões sobre diversos assuntos. O valor verdadeiro de uma informação está em sua veracidade, não no sensacionalismo que ela provoca. Porém, a mídia ocidental tem se preocupado e se ocupado em sensacionalizar todas as informações por ela divulgadas, a despeito de sua veracidade.

No Brasil, tivemos o exemplo da Rede Globo, que colocou Fernando Collor na Presidência da República e, depois, orquestrou e conquistou o seu “impeachment”, tudo de acordo com o que era conveniente para a empresa e seus amigos.

Fatos do nosso cotidiano são manipulados de acordo com o sensacionalismo que possam promover. Suspeitos de crimes são transformados em criminosos culpados, de alta periculosidade, antes mesmo que se façam as devidas investigações e que se passe por um julgamento justo.

No Oriente Médio, a situação é ainda pior. A mídia ocidental, movida por esse sensacionalismo ganancioso, transforma Israel em um Satanás encarnado, a despeito de seus inimigos serem os terroristas, não Israel. Ainda que Israel cometa erros crassos, como, às vezes, comete, são os países governados pelo Islã que promovem terrorismo, não só no Oriente Médio, como pelo mundo inteiro.

Israel é a única democracia na região. É o único País daquela área que defende legalmente, e na prática, a liberdade de religião. É o único País que tem estrangeiros (árabes) no seu congresso. É o único País do mundo que não faz retaliações aos outros países, por não reconhecerem Jerusalém como sua capital. É o País que o Conselho de Segurança da ONU se sente à vontade para retaliar, porque sabe que Israel não vai reagir de forma violenta às retaliações, através do terrorismo que é comum a seus inimigos.

Apesar disso, a mídia ocidental insiste em demonizar Israel. Assista aos vídeos abaixo e compare com o que a mídia tem divulgado!


4 comentários:

Elton Morais disse...

Amado René,

É verdade o que você diz, a mídia transforma Israel em um vilão. Mas isso já foi predito na Bíblia, e a justiça de Israel breve vai acontecer.

Em Cristo,
Elton Morais

René disse...

Você tem razão, meu amado Elton! A justiça de Deus logo vai se manifestar de forma definitiva, para Israel e, também, para a Igreja!

Abração e Paz!

Cláudio Nunes Horácio disse...

Impressionante! Já sabia da mídia, li muitas coisas nas "teorias da conspiração" que fazem sentindo. Apesar de ter de peneirar as maluquices. Graça, Paz e Bem mano.

René disse...

É verdade, Cláudio! Também precisamos peneirar as maluquices que surgem em nome de "teorias de conspiração". Israel não é "santo" (ainda), mesmo assim, creio que merece mais crédito do que seus primos terroristas, que desconhecem amor, perdão e misericórdia.

Abração e Paz!