"Portanto, ninguém se glorie em homens; porque todas as coisas são de vocês, seja Paulo, seja Apolo, seja Pedro, seja o mundo, a vida, a morte, o presente, ou o futuro; tudo é de vocês, e vocês são de Cristo, e Cristo, de Deus."
PENSE NISTO: "O valor do homem é determinado, em primeira linha, pelo grau e pelo sentido em que se libertou do seu ego!" (Albert Einstein).

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Simples Assim

- por Cláudio Nunes Horácio | 03 de Fevereiro de 2011

Quem aceitou o Senhorio de Jesus está seguro, hoje, amanhã e sempre, pois João 6:37 nos ensina: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”.

A nossa salvação depende da aceitação do Senhorio de Jesus.

O que é ter um Senhor?

Senhor é um soberano, aquele que governa as nossas vidas e, portanto, se temos um Senhor, nossas vidas e nossos frutos serão segundo os parâmetros estabelecidos por este Senhor.

O escravo não faz a sua própria vontade, mas executa a vontade de seu dono. Nós não somos de nós mesmos, portanto, estamos sujeitos aos mandamentos de Jesus que é o Nosso único Senhor e dono.

Quando Jesus disse “Quem crê em mim tem a vida eterna” (João 6.47), Ele não estava dizendo que aqueles que crerem nEle verbalmente e intelectualmente teriam a vida eterna, ou seja, seriam salvos, pois a fé que salva é ativa, é viva e eficaz, não é morta nem passiva.

Só crêem em Jesus aqueles que praticam Seus ensinamentos! Os outros, que confessam a Jesus sem prática alguma, são na verdade convencidos e jamais convertidos.

São somente os convertidos que herdarão o Reino de Deus! Os convencidos, que vivem na prática do pecado, terão lugar no inferno juntamente com Satanás e seus demônios.

Então, não é a religião que salva uma pessoa: é a fé viva em Jesus que a salva!

Primeiro, vem a fé que salva o indivíduo. Depois, vem a santificação, que o faz caminhar nos trilhos do Evangelho com o maior prazer. Não é por medo, mas por amor que os convertidos que amam a Jesus e Lhes são infinitamente gratos, procuram viver no bem, no que é bom, no que é digno, no que é honroso. Tanto a salvação, quanto a santificação, é graça de Deus.

Então, o que era pecado ontem, é pecado hoje e será pecado para sempre! Mas a salvação que Jesus veio nos oferecer não é pelas obras! Não tem nada a ver com o que praticamos ou fazemos! A salvação é tão somente pela fé!

Como assim? Sabemos que somos pecadores, sabemos que por sermos pecadores, pecamos, portanto, aquele que ama a Deus, odeia o pecado e não sente prazer no pecado! E, por isto, mesmo que peque, abomina a prática, pois foi salvo por Cristo na cruz e não pode sentir prazer no pecado.

Concluindo, há pecados praticados do lado de fora da gente, mas há pecados praticados do lado de dentro da gente, igualmente! Por exemplo:

“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e: Quem matar estará sujeito a julgamento.
Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo” (Jesus).

Isto significa que mesmo que não matemos alguém do lado de fora, quando desejamos a morte de alguém do lado de dentro, já nos tornamos assassinos diante de Deus.

Com esta ampliação mostrada por Jesus sobre a justiça de Deus, TODOS nós somos culpados de pecado, pois, para pecadores cumprirem a ordem de não se irar com o irmão, é impossível! Por isto, a lei, as ordens de Deus, não pode nos salvar, mas tão somente aumentar a nossa culpa.

Justamente por isso Deus manda e Jesus Se oferece ANTES da fundação do mundo para, através da Sua GRAÇA, favor imerecido SEM CUSTO pra nós, vir e morrer por nós e nos salvar da morte eterna, ou inferno.

Então, basta você dar o primeiro passo, que é crer em Jesus Cristo e aceitar que Ele é o Messias, o Filho de Deus, que isto já será o gatilho para que todo o resto lhe aconteça: Justificação, Regeneração, Salvação e Santificação (1Co 1.30). Não importa a ordem e não importa o nome! Importa ser Nova Criatura em Cristo Jesus! Aceite-O!

Cláudio Nunes Horácio


Comentário do René: surrupiei esta postagem lá do Blog Susto de Amor (ele nem sabe), do meu amigo Cláudio, por concordar que esta mensagem é o Evangelho puro e simples de Jesus e que deve sempre estar clara em nossa mente: a salvação é pela Graça de Deus, mediante a nossa fé, e é ela que nos leva à santificação, não por obras, na nossa força, mas pelo lavar regenerador do Espírito Santo!

19 comentários:

C.Herrera disse...

Olá Renê..

O maninho Cláudio, neste post, ele destaca alguns pontos sobre salvação que são importantes.

Creio que obras não salva ninguém...
pois somos salvos pelo favor divino que nos alcança sem que mereçamos...por mais que tenhamos feito, realizado.. nossas obras, são trapos de imundicia diante do Senhor...

portanto, é a graça que nos salva !

talves alguém me diga, a minha fé me salva...
tolinho! porque se jacta disso...se até a fé que tens, é dadiva, presente divino...que nos é dado mediante a regeneração! pois "nada vem de vós" ef 2;8

a fé serve para abraçarmos o milagre interno que aconteceu em nós, para estarmos aptos seguirmos ao Senhor, pois nao andamos por vista, mas por fé..

abraços mano

René disse...

É isto mesmo, Herrera! E ele também chama atenção pra questão da santificação, que é posterior à salvação, mas que está ligada a esta salvação, também pela fé. Ambas são pela Graça de Deus e ambas são operadas pelo Espírito de Cristo!

Abração, maninho, e continue na Paz!

C.Herrera disse...

sem duvida Renê

a santificação é sermos separados para Deus...se dá na regeneração..passamos a pertençer ao Senhor, pois fomos comprados por bom preço!

C.Herrera disse...

uma das coisas que aprendi desde menino é:

nos santificamos porque já somos santificados...mistério rss

René disse...

Realmente, Herrera,

Grande é o mistério da perseverança, que nos leva a permanecermos na purificação efetuada em nós pelo Espírito! É só assim que nos santificamos, porque já somos santificados em Jesus!

disse...

Este texto do maninho é tudo de bom, quando ele diz que:
Isto significa que mesmo que não matemos alguém do lado de fora, quando desejamos a morte de alguém do lado de dentro, já nos tornamos assassinos diante de Deus.
Como isso acontece entre nós. Se não tomarmos cuidados caimos neste erro ou seja neste pecado, não precisa nem falar, mas só de pensar já é. Paz querido. Ah, maninho vai brigar não, eu vivo furtanado ele também, como Diz Franklin, furto santo. rsss

René disse...

Gostei do 'furto santo', Rô! rssssss

Essa coisa que acontece dentro da gente é inevitável, Rô. Até chegarmos ao ponto de não nos irarmos com alguém que nos prejudique, por exemplo, o caminho é longo. É muita operação do Espírito Santo em nós, no nosso coração.

E, num caso desses, o Senhor também já providenciou uma saída pra gente, quando Ele disse, em outras palavras: "Vocês até podem se irar, mas não deixem que esta ira permaneça em vocês. Não deixem o sol se por sobre a ira de vocês, pra não darem oportunidade pro diabo agir em vocês".

É realmente um Deus Pai Maravilhoso!!!

Forte abraço e continue na Paz!

Cláudio Nunes Horácio disse...

René, obrigado por divulgar meu post. É muito importante sabermos que somos salvos pela fé em Jesus e que fé morta não salva ninguém. Tudo vêm do nosso Jesus, pois "sem mim nada podeis fazer". Forte abraço na paz do Eterno.

René disse...

Cláudio,

Eu é que tenho que agradecer a você, por ter sido mais uma vez edificado com suas postagens e, principalmente, por você não ter me batido por surrupiar seus escritos!!! (sei que você é faixa preta) rsssss

Como disse em meu comentário, vejo o verdadeiro Evangelho de Jesus sendo pregado aqui, puro e simples, como deve ser!

'Brigadão, meu irmãozinho, e continue na Paz!

Lucinalva disse...

Olá René
Interessante o texto quando diz: "Não é por medo, mas por amor que os convertidos que amam a Jesus e Lhes são infinitamente gratos, procuram viver no bem, no que é bom, no que é digno, no que é honroso. Tanto a salvação, quanto a santificação, é graça de Deus."
Fica com Deus

René disse...

Oi, Lucinalva,

Seja bem vinda!

Realmente, esta parte do texto é bastante interessante: ressalta que o amor ao Senhor não tem nada a ver com o medo imposto por não se conseguir cumprir as leis impostas por homens.

Valeu!

Forte abraço e continue na Paz!

Wendel Bernardes disse...

Esse texto é ótimo, era legal lá no Susto, ficou legal aqui também pois acredito que essa 'rede' deva se espandir pelos ares até que a "igreja" entenda a Igreja!

Valeu René,
Abraços!

René disse...

Também achei ótimo, Wendel!

E que assim seja: que a igreja venha a entender a Igreja!

Abração e Paz!

João Carlos disse...

René, meu querido!

Acho que somos parecidos demais!

Vamos ficar sempre alicerçados na Rocha, anunciando a mensaem pura e simples do Evangelho. Para isso é que fomos chamados!

Abraço forte!

JC

René disse...

JC,

Começo a desconfiar que realmente somos muito parecidos! Aliás, pelo que eu soube, até a data de aniversário é muito próxima.

E concordo que tenhamos sido chamados para anunciar a mensagem pura e simples do Evangelho.

Abração e continue na Paz!

Dc. Carlos Torres disse...

Isso é a MARAVILHOSA GRAÇA derramada sobre nós que nunca merecemos! E ainda temos sua infinita MISERICORDIA.
Tem muito sentido o que Paulo diz: "O amor de CRISTO me constrange". Amem!

Estarei te seguindo meu amado Irmão.

Espero sua honrosa visita no meu humilde espaço virtual, e se for de sua vontade ser também parceiro.

http://planosdivinos.blogspot.com

Lá questionamos os nossos planos que nem sempre são os planos de DEUS.
Paz!!!!!!!!!!!!

René disse...

Seja bem vindo, Carlos!

Devemos dar graças a Deus, a todo momento, pelo derramamento dessa Graça Maravilhosa sobre nós, além de seu constante olhar de Amor e Misericórdia para nós.

Grande abraço e continue na Paz!

P.S.: Logo, logo, faço uma visita a seu blog!

Rita disse...

Paz,
Ganhei um selo de qualidade,e ,estou presenteando meus amigos queridos,passe lá e pegue o seu!!
Um abraço em Cristo!!

René disse...

Valeu, Rita!! Tô indo!!!

Abração e Paz!